Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Fecam, TCE e Femurn realizam último Encontro Regional de Orientação a Gestores
Início do conteúdo da página
NOTICIAS SOBRE A CÂMARA DE CERRO CORÁ

Fecam, TCE e Femurn realizam último Encontro Regional de Orientação a Gestores

  • Publicado: Quinta, 29 de Junho de 2017, 17h28
  • Última atualização em Quinta, 29 de Junho de 2017, 17h30
  • Acessos: 95

A Federação das Câmaras Municipais do Rio Grande do Norte (Fecam-RN), em parceria com o Tribunal de Contas do Estado e a Federação dos Municípios do RN (Femurn) realizou a última edição do 3° Encontro Regional de Orientação aos Gestores Municipais.

O encontro reuniu no Cine Teatro Municipal de Parnamirim, gestores dos municípios da região Agreste e Grande Natal. Raniere Barbosa, presidente da Fecam e da Câmara Municipal de Natal, destacou como a iniciativa da corte de contas tende a beneficiar a gestão pública dos municípios. “Todas as regiões foram contempladas no sentido de aprimorar o controle de contas. Esse trabalho valoriza e oportuniza maior qualidade no serviço para que os gestores evitem erros, muitas vezes ocasionados, não pela má fé, mas pela falta de informações”, disse.
 
O encontro teve como tema “Início de mandato: orientação aos gestores de prefeituras e câmaras municipais”, sendo uma forma do TCE prevenir erros nas prestações de contas. “Estamos estreitando a relação entre o TCE e seus jurisdicionados. Cada vez que é dada a devida orientação, haverá menos erros e menos corrupção. Já atingimos todos os municípios passando pelos municípios pólo e estamos concluindo esta edição na região metropolitana”, explicou o presidente do TCE-RN, conselheiro Gilberto Jales.
 
Gestores dos 167 municípios do estado já foram beneficiados com os encontros regionais, que passou por Mossoró, Martins e Caico, antes de Parnamirim. O presidente da Femurn, Benes Leocádio, ressaltou como os encontros auxiliaram os gestores neste início de mandatos. Os erros mais comuns, segundo diz, falhas técnicas e formais na redação, descumprimento de prazos e letodologia na realização de contratos e licitações. “Quem assume não tem como saber de tudo, todos os trâmites sobre gestão. Quando o TCE oferece essa oportunidade, miniminiza erros e otimiza a gestão”, disse.
registrado em:
Fim do conteúdo da página